Quem é o CEP?

QUEM É A COMPRESSÃO CEP?

2007

Nasce a meia de compressão CEP

2008

A primeira meia com a nova logomarca do CEP sai da produção. Os diamantes tornam-se um símbolo distintivo.

2010

Os shorts de compressão de corrida são as primeiras calças de corrida de compressão do mercado.

2011

A "Linha Progressiva" surge como um novo elemento de design e continua a moldar as meias CEP até hoje.

2013

A família das meias CEP cresce: são lançadas as meias curtas.

2015

As primeiras bandagens esportivas aparecem no mercado alemão.

2016

São lançadas as primeiras calças de regeneração feitas sob medida do mundo: as Recovery Clonetech Tights.

2017

As meias de corrida de compressão estão disponíveis em ouro e prata para o 10º aniversário.


O caminho para o sucesso

Todo produto de sucesso é baseado em anos de desenvolvimento, resistência e, acima de tudo, uma visão. No nosso caso: O efeito da compressão médica também é útil para os atletas. Mas como você transfere a tecnologia para um produto esportivo? A base do sucesso da CEP é a empresa-mãe medi. Ele produz produtos de compressão médica de alta qualidade na localidade de Bayreuth desde 1951. Primeira medida: mexer. Demorou nove meses para que as máquinas de tricô médicas fossem ajustadas para atender a todos os requisitos de produção. Uma seção de pé acolchoada que funciona como uma meia esportiva, mantendo o perfil de pressão exato de uma meia médica. Os atletas testaram repetidamente os produtos ao extremo.

 

Com o primeiro produto acabado, surgiu a segunda pergunta: como colocamos as meias na perna do atleta? Não houve contatos em varejistas esportivos. A rede de distribuição teve que ser construída completamente. Na ISPO 2007, a CEP apresentou pela primeira vez a sua “gama” ao mundo profissional, que inicialmente consistia em apenas uma pista e uma meia de esqui. Na época, as calças ainda eram consideradas estranhas por muitos. Os revendedores reagiram com ceticismo: "Por 50 euros eu vendo um sapato, mas não um par de meias." Os vendedores tiveram que aturar frases como "Eu posso fazer sem meia".

 

Timo Bracht finalmente ajudou a fazer a descoberta. No Frankfurt Ironman 2007, o triatleta de meia branca CEP bate um novo recorde do percurso. No dia seguinte, o CEP estava esgotado em muitos lugares. Outra chave para o sucesso foram as vendas em eventos de maratona e triatlo. O CEP mostrou a bandeira onde a cena da corrida se encontra e eis que o estande do CEP estava mais lotado do que em qualquer outro lugar. Foi um caminho desafiador para o produto esportivo de alta tecnologia. Os ingredientes têm sido apaixonados por repensar e explorar plenamente o potencial desde o início. E estamos convencidos de que a história continua e será interessante ver o que os próximos 10 anos trarão. Preparar. CEP. Vai!